segunda-feira, 3 de novembro de 2014

FINADOS

Vi ontem cemitérios cheios, de gente saudosa e triste, como eu. Um dia estranho, de aniversario este meu. Nunca consegui me sentir, festiva,neste dia de lembranças, mesmo quando ainda, não tinha pessoas tão queridas enterradas. Parece que o tempo, por sentir as vibrações, também fica estranho. Coisa minha eu acho. Bom passou o dia enfim . Vi pessoas paradas, olhando o tempo.Tentando ficar próximos, das pessoas que se distanciaram de suas vistas, de sua convivência .Espero que de longe nos olhem, ou estejam tão perto, que possam nos tocar, sem que possamos , apenas vê-los, com nossa visão limitada.Isso consola um pouquinho, quem fica aqui olhando o horizonte vazio, de suas presenças visíveis.

5 comentários:

  1. Uma boa reflexão para um dia reflexivo. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita comentário .Dia lindo para você querida Poeta

      Excluir
  2. Estarão sempre presentes em nossos corações. Essa é uma data que, indo ou não ao cemitério, nos deixa meio recolhidos, voltados para dentro de nós, onde estão as lembranças e a saudade.
    Creio que deveria comemorar seu aniversário um dia antes, dedicado a todos os santos. Ou um dia depois. Isso, apenas para poder se sentir feliz e liberta. Desejo-lhe um novo ciclo de inúmeras alegrias. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Querida Poeta,por tudo.Visita,comentario, rinho

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir